O Novo Trailer de Esquadrão Suicida

254d32a22a175b79

“I can’t wait to show you my toys”

Os editores, produtores e a pessoa que teve a ideia genial de colocar Queen como trilha do novo trailer de Esquadrão Suicida merece palmas, de pé, por 5 minutos. A Warner Bros. sabe que estamos ansiosíssimos pelo lançamento do filme e divulgou na última terça feira o novo trailer, com mais imagens inéditas da produção.

Ao som de Bohemian Rapsody, musica que justamente fala de um personagem que conta para a mãe que acabou de matar uma pessoa, o novo trailer dá mais destaques aos personagens Harley Quinn (Margot Robbie) e Captain Boomerang (Jai Courtney), além de mostrar novas cenas do Coringa (Jared Leto), que pelo visto, promete calar a boca de todo mundo que não gostou da escolha do ator, e ser mais um Coringa foda, assim como Jack Nicholson e Heath Ledger fizeram anteriormente.

 

Acho que o personagem que ainda não deu pra ver a que veio foi só o Deadshot mesmo (Will Smith), o que aumenta a ansiedade pra ver o filme. A data de estréia prevista no Brasil é 4 de agosto de 2016.

 

Oscar 2016 – Os Indicados

Oscars-banner-e1452610176322

Além dos indicados ao Brit Awards, foram anunciados hoje também os indicados ao Oscar 2016. As estatuetas serão entregues na cerimônia do dia 28 de fevereiro em Los Angeles, com apresentação do ator e comediante Chris Rock (“Everybody haaaates Chriiis”). Veja abaixo os indicados nas principais categorias.

MELHOR FILME

  • Mad Max – Estrada da Fúria
  • O Regresso
  • O Quarto de Jack
  • Spotlight – Segredos Revelados
  • A Grande Aposta
  • Ponte dos Espiões
  • Brooklyn
  • Perdido em Marte

MELHOR DIRETOR

  • Alejandro G. Iñárritu  O Regresso
  • Tom McCarthy  Spotlight – Segredos Revelados
  • Adam McKay  A Grande Aposta
  • George Miller  Mad Max: Estrada da Fúria
  • Lenny Abrahamson – O Quarto de Jack

MELHOR ATRIZ

  • Cate Blanchett – Carol
  • Brie Larson – O Quarto de Jack
  • Saoirse Ronan – Brooklyn
  • Charlotte Rampling – 45 Anos
  • Jennifer Lawrence – Joy – o Nome do Sucesso

MELHOR ATOR

  • Bryan Cranston – Trumbo
  • Leonardo DiCaprio – O Regresso
  • Michael Fassbender – Steve Jobs
  • Eddie Redmayne – A Garota Dinamarquesa
  • Matt Damon – Perdido em Marte

MELHOR ATOR COADJUVANTE

  • Christian Bale – A Grande Aposta
  • Tom Hardy – O Regresso
  • Mark Ruffalo – Spotlight – Segredos Revelados
  • Mark Rylance – Ponte dos Espiões
  • Sylvester Stallone – Creed – Nascido para Lutar

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

  • Jennifer Jason Leigh – Os 8 Odiados
  • Rooney Mara – Carol
  • Rachel McAdams – Spotlight – Segredos Revelados
  • Alicia Vikander – A Garota Dinamarquesa
  • Kate Winslet – Steve Jobs

Continuar lendo

O Legado de David Bowie

david_bowie-2.jpg

Morreu ontem aos 69 anos o cantor, compositor, músico, ator e camaleão David Bowie. Pelo Facebook oficial do artista, a assessoria confirmou que Bowie faleceu, cercado pela família, após uma batalha de 18 meses contra o câncer. Ele tinha acabado de lançar na data do seu aniversário, há 2 dias mais precisamente, o seu 25° e último álbum “Blackstar”.

Nascido David Robert Jones em 8 de janeiro de 1947 em Londres, Bowie teve seu primeiro hit em 1969 com a música Space Oddity, do álbum “David Bowie”. A partir dos anos 70, a persona camaleônica de David começou a ganhar forma, já que em 1971 conhecemos o personagem Ziggy Stardust, seu alter ego andrógeno e então começa uma turnê pelo Reino Unido com a sua banda, The Spiders From Mars. Um ano depois é lançado o terceiro disco “The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders From Mars”.

David-Bowie-01-600

Em 76 surge seu novo alter ego “Thin White Duke” (Duque branco magro), coincidindo com o período do vício em cocaína. No mesmo ano ele se muda para Berlim, dividindo um apartamento com Iggy Pop e começa a trabalhar na sequência de álbuns que passou a ser conhecida como a “Berlim Trilogy”: “Low”, “Heroes” (1977) e “Lodger” (1979).

Bowie continuou se reinventando na década de 1980 com o hit Ashes to Ashes do álbum “Scary Monsters” (1980). Ainda em 80, ele atuou na peça The Elephant Man na Broadway e fez uma participação no filme Christiane F. Mais um hit veio no ano seguinte, com a sua participação no single Under Pressure do Queen, iniciando a sua fase mais pop dance com o álbum “Let’s Dance” de 83, e “Tonight” de 84. Em 86 ele atuou no filme Labirinto, que talvez seja o filme mais famoso da carreira de Bowie como ator.

labyrinth02

Os anos 90 viram a fase mais experimental de Bowie, com os álbuns “The Buddah of the Suburbia” (1993),  “Outside” (1995) e “Earthing” (1997). Em 1996 ele entrou no Rock and Roll Hall Of Fame, sendo apresentado por Madonna, sua fã declarada. Sua ultima passagem no Brasil aconteceu em 1997, com a Earthing Tour.

O novo milênio foi agraciado com os CDs “Heathen” (2002) e “Reality” (2003), mas a partir daí David começa a dar uma pausa no trabalho, fazendo apresentações esporádicas como no Grammy de 2006 para receber o prêmio por conjunto da obra.  Esperaríamos 1 década para ouvir mais um trabalho inédito, em 2013 com o álbum “The Next Day”. Em menos de 2 anos depois, fomos presenteados com mais um álbum, “Blackstar”. Mas alguém aí chutava que seria o ultimo?

Blackstar_album_cover

David Bowie deixou a esposa Iman, com quem era casado desde 1992, e dois filhos, o cineasta Duncan Jones (do primeiro casamento com Angela Bowie) e Lexi Jones, do casamento com Iman. Deixou também um catálogo de 25 discos e 33 filmes. Deixou ainda uma legião de fãs e um vazio no mundo da música, com a certeza de que não haverá outro tão brilhante quanto. Como ele mesmo diz na letra de Lazarus, seu último single: “olhe para cima, eu estou no céu”. O herói de pó de estrela voltou para a sua vida em marte.

 

Lazarus

Look up here, I’m in heaven
I’ve got scars that can’t be seen
I’ve got drama, can’t be stolen
Everybody knows me now

Look up here, man, I’m in danger
I’ve got nothing left to lose
I’m so high it makes my brain whirl
Dropped my cell phone down below
Ain’t that just like me?

By the time I got to New York
I was living like a king
Then I used up all my money
I was looking for your ass
This way or no way
You know, I’ll be free
Just like that bluebird
Now ain’t that just like me?
Oh I’ll be free
Just like that bluebird
Oh I’ll be free
Ain’t that just like me?

O Legado de David Bowie – Parte 2: Os Videos

651721

Difícil escolher apenas 5 clipes para resumir a história de David Bowie. Difícil não, impossível! Mas fica aí um Top 5  pra mostrar o quão maravilhoso visualmente David foi.

 

5. Space Oddity (1969)

Space Oddity nos apresentou Ziggy Stardust/David Bowie. Apenas clássico.

 

4. Let’s Dance (1983)

David Bowie também tem seu hit banger para se jogar na pista de dança. Let’s Dance te chama pra dançar e é impossível recusar o pedido.

 

3. I’m Afraid Of Americans (1997)

Cover da banda Nine Inch Nails, I’m Afraid of Americans já mostra em 1997 um Bowie mais modernoso no som, estilo e clipe.

 

2. The Next Day (2013)

Depois de 10 anos, David voltou com um album inédito em 2013 chamado The Next Day, com clipe homônimo.

 

  1. Lazarus (2016)

Quando o clipe de Lazarus saiu na última sexta feira, jamais poderíamos imaginar que seria o último ou que David Bowie estava se despedindo através da sua arte. Mas hoje quando vemos o clipe entendemos que ele sabia, e esse foi o jeito de nos dizer Adeus.

 

0. Menção honrosa – Evolução da espécie 

Em 2003 a (infelizmente) extinta MTV Brasil veiculou vinhetas com o tema Evolução da Espécie. Uma das vinhetas era justamente sobre a evolução de David Bowie:

 

Os Vencedores do Globo de Ouro 2016

giphy

Pois é colegas, não rolou prêmio pra um ator brasileiro mais uma vez, e olha que eu tinha certeza que ía pro Wagner quando vi que 2 atrizes latinas (America Ferrera e Eva Longoria) iam apresentar a categoria de melhor ator série de tv – drama (tenho uma teoria de que artistas latinos sempre premiam artistas latinos nessas premiações). Mas a premiação foi legal mesmo assim, com apresentação do sensacional Ricky Gervais. Adoro Amy Poehler e Tina Fey, mas sentia falta da ousadia do Ricky.

Os indicados e vencedores foram:

TV

MELHOR SÉRIE DE TV – DRAMA

Empire
Game of Thrones
Mr. Robot
Narcos
Outlander

MELHOR SÉRIE DE TV – COMÉDIA/MUSICAL

Orange is The New Black
Silicon Valley
Transparent
Casual
Mozart in the Jungle 
Veep

MELHOR MINISSÉRIE/TELEFILME

American Crime
American Horror Story
Flesh & Bone
Wolf Hall
Fargo

MELHOR ATOR – DRAMA

Liev Schreiber (Ray Donovan)
Jon Hamm (Mad Men)
Rami Malek (Mr. Robot)
Wagner Moura (Narcos)
Bob Odenkirk (Better Call Saul)

tumblr_nzru8ucRV51v1ry5jo1_500

MELHOR ATRIZ – DRAMA

Robin Wright (House of Cards)
Viola Davis (How To Get Away With Murder)
Caitriona Balfe (Outlander)
Eva Green (Penny Dreadful)
Taraji P. Henson (Empire)

MELHOR ATOR – COMÉDIA/MUSICAL

Jeffrey Tambor (Transparent)
Aziz Ansari (Master Of None)
Gael García Bernal (Mozart In The Jungle)
Rob Lowe (The Grinder)
Patrick Stewart (Blunt Talk)

MELHOR ATRIZ – COMÉDIA/MUSICAL

Gina Rodriguez (Jane The Virgin)
Julia Louis-Dreyfus (Veep)
Rachel Bloom (Crazy Ex-Girlfriend)
Jamie Lee Curtis (Scream Queens)
Lily Tomlin (Grace and Frankie)

MELHOR ATOR – MINISSÉRIE/TELEFILME

Oscar Isaac (Show Me a Hero)
Patrick Wilson (Fargo)
Idris Elba (Luther)
David Oyelowo (Nightingale)
Mark Rylance (Wolf Hall)

MELHOR ATRIZ – MINISSÉRIE/TELEFILME

Queen Latifah (Bessie)
Lady Gaga (American Horror Story: Hotel)
Sarah Hay (Flesh & Bone)
Felicity Huffman (American Crime)
Kirsten Dunst (Fargo)

giphy (2)

MELHOR ATOR COADJUVANTE – SÉRIE DE TV/MINISSÉRIE/TELEFILME

Alan Cumming (The Good Wife)
Damian Lewis (Wolf Hall)
Ben Mendelsohn (Bloodline)
Tobias Menzies (Outlander)
Christian Slater (Mr. Robot)

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE – SÉRIE DE TV/MINISSÉRIE/TELEFILME

Joanne Froggatt (Downton Abbey)
Uzo Aduba (Orange is The New Black)
Regina King (American Crime)
Judith Light (Transparent)
Maura Tierney (The Affair)

 

CINEMA

MELHOR FILME – DRAMA

O Regresso
Spotlight – Segredos Revelados
Carol
O Quarto de Jack
Mad Max: Estrada da Fúria
MELHOR FILME – COMÉDIA/MUSICAL

Joy: O Nome do Sucesso
Perdido em Marte
Descompensada
A Grande Aposta
A Espiã que Sabia de Menos

MELHOR DIRETOR

Alejandro González Iñarritu (O Regresso)
Ridley Scott (Perdido em Marte)
Todd Haynes (Carol)
George Miller (Mad Max)
Tom McCarthy (Spotlight – Segredos Revelados)

MELHOR ATOR – DRAMA

Bryan Cranston (Trumbo: Lista Negra)
Leonardo DiCaprio (O Regresso)
Michael Fassbender (Steve Jobs)
Eddie Redmayne (A Garota Dinamarquesa)
Will Smith (Concussion)

giphy (3).gif

MELHOR ATRIZ – DRAMA

Cate Blanchett (Carol)
Rooney Mara (Carol)
Brie Larson (O Quarto de Jack)
Saoirse Ronan (Brooklyn)
Alicia Vikander (A Garota Dinamarquesa)

MELHOR ATOR – COMÉDIA/MUSICAL

Christian Bale (A Grande Aposta)
Steve Carell (A Grande Aposta)
Matt Damon (Perdido em Marte)
Al Pacino (Não Olhe Para Trás)
Mark Ruffalo (Sentimentos que Curam)

MELHOR ATRIZ – COMÉDIA/MUSICAL

Jennifer Lawrence (Joy: O Nome do Sucesso)
Amy Schumer (Descompensada)
Melissa McCarthy (A Espiã que Sabia de Menos)
Maggie Smith (A Senhora da Van)
Lily Tomlin (Grandma)

MELHOR ATOR COADJUVANTE

Idris Elba (Beasts of No Nation)
Mark Rylance (Ponte dos Espiões)
Michael Shannon (99 Homes)
Sylvester Stallone (Creed)
Paul Dano (Love & Mercy)

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

Jennifer Jason Leigh (Os Oito Odiados)
Jane Fonda (Youth)
Alicia Vikander (Ex_Machina)
Helen Mirren (Trumbo: Lista Negra)
Kate Winslet (Steve Jobs)

MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO

Anomalisa
O Bom Dinossauro
Divertida Mente
Peanuts
Shaun, o Carneiro

MELHOR FILME ESTRANGEIRO

Son of Saul
O Clube
Cinco Graças
O Novíssimo Testamento
O Esgrimista

MELHOR ROTEIRO

Os Oito Odiados
Spotlight – Segredos Revelados
A Grande Aposta
O Quarto de Jack
Steve Jobs

MELHOR TRILHA SONORA

Carol
A Garota Dinamarquesa
Os Oito Odiados
Steve Jobs
O Regresso

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL

Writing’s On The Wall (007 Contra Spectre)
Simple Song #3
(Youth)
See You Again
(Velozes & Furiosos 7)
One Kind of Love (
Love and Mercy)
Love Me Like You Do
(Cinquenta Tons de Cinza)

E aí, gostaram dos vencedores? Gosto de acreditar que o Wagner Moura será indicado mais vezes, tem chances no Emmy também e o jogo vai virar! Ano que vem tem mais Golden Globes e espero que tenha também mais Ricky Gervais pra fazer a gente ficar com vergonha alheia dos atores de novo.

giphy (1)

 

Voltando aos anos 90 com a Rashida Jones

720x405-AS9A0261

Que ano é hoje? Mais um post de nostalgia, porque a cultura pop não para de nos presentear com momentos recordar é viver. Dessa vez a atriz Rashida Jones resolveu fazer um clipe mostrando o quanto ela sente saudade dos anos 90 em “Flip and Rewind”.

Pra quem não conhece, Rashida interpretou Ann Perkins em “Parks and Recreation”, e o filme “A Rede Social”. Além disso, ela é filha do produtor Quincy Jones (produtor do Michael Jackson), então o mundo da música é mais que familiar pra ela.

Todas as referências dos anos 90 estão aí: a moda, o cabelo, os videoclipes. Vale voltar a década d 90, mesmo que seja por 4 minutos.

Fuller House – Netflix divulga as fotos da nova série

Fuller-House-04Netflix

“Everywhere you look, everywhere you look….”

Prontos para voltar pra São Francisco? Dia 26 de fevereiro estreia na Netflix os 13 episódios de Fuller House, a série continuação de Três é Demais, clássico dos anos 80/90, que a maioria de nós acompanhou pelo SBT.

Na continuação, depois de perder o marido, DJ Tanner (a irmã mais velha) volta com os filhos para a casa onde cresceu. Com a ajuda da irmã do meio Stephanie e a melhor amiga Kimmy, DJ vai criar os filhos da mesma forma que o pai criou as filhas, já que na série original, após a morte da esposa, Danny Tanner cria as três filhas com a ajuda do cunhado Jesse e o melhor amigo Joey (tio Jesse e tio Joey para os íntimos).

Fuller-House-02Netflix

fuller-house-01Netflix

Fuller-House-03Netflix

Vai ser muito amor assistir esses 13 episódios e mais uma vez a Netflix está nos conquistando pelo emocional. Enquanto a estreia não chega, vejam abaixo o teaser da série, com toda a nostalgia que a gente merece.

E não, a Michelle não vai voltar 😦

tumblr_makmqlxtv61rr4oxe

 

O Novo (Velho) Guns N’ Roses

FG7D4mV

É ofical: Axl Rose e Slash deixaram as desavenças e a mágoa de cabloca de lado para se reunirem em 2016, ao que tudo indica com a formação original do Guns N’ Roses. Seja porque eles realmente se perdoaram, ou porque o dinheiro falou mais alto (mais provável a segunda opção), a banda vai se reunir para tocar no festival Coachella nos Estados Unidos e ainda embarcar numa turnês de estádios, segundo o jornal The New York Times e a Billboard.

“Separados” desde 1996, as especulações sobre o fim da formação inicial são várias: diferenças criativas em relação ao novo álbum, picuinhas do empresário e até o boato de que Axl não teria gostado da colaboração entre Slash e Michael Jackson. Mantendo apenas Axl como membro original, a banda se reformou várias vezes, fez algumas tours, lançou o bem medíocre álbum Chinese Democracy (12 anos depois de ter sido anunciado), mas nunca mais foi a mesma coisa, por isso essa volta está sendo tão comemorada e aguardada por fãs e críticos. Mas porque essa reunião é tão importante?

Além do fato já citado de reunir a química de Slash e Axl no mesmo palco, é indiscutível que os anos de ouro da banda foram durante a atividade da formação clássica, então espera-se que no palco a química realmente funcione. Além disso, ouvir os riffs de Slash que fazem as músicas do Guns serem o que são também é um bônus e claro, tem o fator nostalgia, que está fortemente presente na música, pelo menos desde 2006, com a volta de várias bandas dos anos 80 e 90 que estavam em hiato.

Mas que contribuição isso trairia pra música em geral? Acho que muito mais que o pop, o rock precisa de bandas de atitude e personalidade como o Guns N’ Roses, com membros que se destacam e músicas que mesmo quem não é fã conhece ou sabe cantar. Pra quem nunca viu Guns ou nunca viu essa formação ao vivo, é a chance de poder testemunhar um fato que 1 ano atrás era praticamente impossível. Mas Axl Rose é uma caixinha de surpresas, então esperamos que a turnê termine sem grandes perdas, dê uma passadinha aqui no Brasil e recoloque o Guns em atividade por um bom tempo.

axleslash.gif

*E não é que o tio Axl já cancelou a entrevista que ía dar ao Jimmy Kimmel no dia 06/01? Ele ía falar sobre a banda e há rumores de que teria um pocket show no programa. Axl já começou sendo Axl…