O VMA 2016 e sua busca por relevância

premios

No último domingo, 28/08, aconteceu no Madison Square Garden em NY o VMAs 2016. Ou seria The Beyoncé Annual Awards?

Resumimos o que realmente foi importante nesse edição:

Os Apresentadores

clip-4-key-and-peele-meme-skit

Toda a “premiação” pareceu um eterno bastidor de pré VMA com os mesmos repórteres do red carpet se revezando na apresentação do evento, encabeçados pela dupla de comentaristas Key & Peele, que são na verdade 2 personagens de uma série interpretados por Keegan Michael Key e Jordan Peele. Para nós brasileiros que não estamos familiarizados com os personagens, foi difícil achar graça. A MTV poderia ter convidado o James Corden para apresentar (que está num ótimo momento de popularidade nos Estados Unidos e é bem conhecido mundialmente graças ao Youtube) e seria no mínimo mais assistível.

 

Kanye West

kwest

Na busca por views, likes e memes, a MTV novamente deu espaço para o chato do Kanye West fazer seu textão discurso. Kanye dessa vez até que não falou muita abobrinha, apenas fez referências à sua ex Amber Rose, ao caso da Taylor Swift e apresentou o seu novo clipe de Fade, uma versão empoderada inspirada no filme Flashdance. Kanye segue sua vida achando que é o melhor artista que já pisou na face da Terra.

 

O Rihanna Music Awards

rihanna

Rihanna apresentou quase todos os seus hits e nós só temos que agradecer. Como homenageada do prêmio Michael Jackson Vanguard Award, ela nos mostrou porque é diferente das suas concorrentes e porque ainda prende a nossa atenção. Com 4 blocos de performances ao longo da premiação, teve espaço para os hits pop como We Found Love e Only Girl In The World, os mais urban como What’s My Name e Work e finalizou com mais uma belíssima apresentação de Love In The Brain. É muito bom ver a evolução da Rihanna como artista, performer e vocal e mesmo achando que o prêmio de Vanguarda foi um pouco cedo pra ela, não há dúvidas de que ela merece o reconhecimento.

Quem entregou o prêmio no palco para Rihanna foi o Drake que aparentemente, ao contrário do que todos pensavam, ainda continua na friendzone. #SaveDrake

drake.gif

 

O Beyoncé Music Awards

Beyonce-Blue-Ivy-MTV-VMA-red-carpet-2016-billboard-1548

Quando Beyjesus chegou no tapete vermelho redefinindo as nossas configurações de #Squad, sabíamos que ela não estava a passeio. Não sei se vocês conhecem a expressão em inglês “slay”, que é quando alguém arrasa/samba/bota pra foder em alguma coisa. Acredito que a partir de agora o dicionário Oxford da língua inglesa deveria colocar o link da performance da Bey na definição de Slay, porque ela arrasou/sambou/botou pra foder e literalmente quebrou tudo (até a câmera), ou seja, she slayed.

hits the camera.gif

O Beyoncé Show foi uma versão pocket do que ela vem fazendo na sua Formation Tour, com 5 músicas do Lemonade. Com mensagens feministas subliminares, muita coreografia, atitude, carão e Star Power, Beyoncé mostrou porque o seu reinado ainda segue absoluto. Quando todos achavam que a sucessora da Rainha Madonna seria a Britney “Princesa do Pop” Spears, ninguém imaginava que Beyoncé tomaria o posto e dominaria o mundo. Ta aí a resposta pra Who Run The World?

 

Britney

britney-spears-2016-mtv-video-music-awards-show

As apostas estavam lançadas e a expectativa era alta para o retorno de Britney Spears ao palco do VMA, dessa vez se apresentando. Tudo indicava que seria mais um momento crucial na carreira da moça, Gloryoso eu diria, começando pela promo da MTV, nos esquentando para o que viria. Eu acreditei, você acreditou, todos acreditamos, mas aí…

 

 

É redundante reclamar de playback da Britney em pleno 2016, mas ainda é o que mais decepciona em performances dela e o que seria mais fácil de resolver. Ela entrou cantando Make Me com um headset, batendo cabelo e se esfregando no chão; até aí ok. Eis que entra G-Eazy pra cantar o seu rap (ao vivo) e a Briny some e volta com um microfone de mão para dublar cantar novamente. Pensa o impacto que seria se esse microfone estivesse ligado? Sem nenhuma coreografia difícil de se executar, POR QUE VOCÊ NÃO CANTOU AO VIVO BRITNEY?!

tara

Não foi ruim. Ela estava linda, visivelmente a vontade e confiante, dançando bem. Mas faltou algo, talvez de produção, talvez de empenho. A MTV também não ajudou colocando Briny logo após o show da Beyoncé e durante alguns momentos da edição, parecia mais uma performance do G-Eazy com feat da Britney, e não o contrário. Faltou impacto. Ouso dizer que o mesmo impacto que a performance de 2007 teve.

 

No geral, o VMA 2016 foi beeem chato. Os apresentadores não conquistaram, dar muito tempo de tela para alguns artistas fez a premiação ficar arrastada e tudo pareceu um show da Beyoncé e Rihanna, com stand up do Kanye e algumas participações especiais, o que não foi ruim, mas não é a proposta do VMA. A impressão que fica é a de que eles estão tão desesperados em fazer headlines e ter views no dia seguinte, que topam qualquer coisa, mesmo que tire a identidade do evento. Kanye West quer falar? Deixa ele fazer o que quiser. Beyoncé quer 15 minutos só pra ela? Claro, dá os 15 minutos pra ela.

Não vou nem falar na diversidade musical né, porque simplesmente não existiu. Entrega de prêmios então? Melhor não comentar. O VMA costumava ser uma premiação em que tudo realmente podia acontecer, do mais bizarro ao mais icônico, e a busca por perfeição fez com que a imprevisibilidade, que era o diferencial das premiações da MTV, perdesse um pouco a credibilidade. Antes ficávamos animados com todas as performances anunciadas, não importasse o estilo de música. Hoje a gente tem dificuldade em encontrar um motivo pra assistir tudo.

Muitos dizem que a Britney hoje é uma sombra do que foi no passado, e a performance do VMA é uma prova disso. Mas eu também acho que o próprio VMA é só uma sombra do que já foi no passado, tentando se manter relevante atualmente e enfrentando a concorrência de outras premiações que são melhores do que ele. Mais do que um comeback da Britney, precisamos de um comeback do VMA.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s