The X Factor UK – Final 1

X+Factor+2012+promo+picture

Neste fim de semana aconteceu em Manchester, UK a final da 9ª temporada do X Factor (o original). Para comemorar, a produção saiu dos estúdios do canal ITV1 em Londres e foi para a arena de Manchester, com capacidade para 10.000 pessoas.

O programa começou com a ótima introdução do apresentador Dermot O’Leary, Pra quem não conhece, Dermot é uma espécie de Ryan Secreast da Inglaterra, tem programa de rádio, apresenta red carpets e sem duvida tem o fator X na seção de apresentadores de TV. Com muito carisma e humor, que ele demonstra neste vídeo de abertura, featuring o chefe Simon Cowel, os jurados e alguns participantes que ficaram pra história do X Factor, como por exemplo a cover de Britney Spears que ficou conhecida por fazer um lap dancing no jurado Louis Walsh durante as auditions.

 

Em seguida os jurados foram apresentados, lembrando que Tulisa e Louis não conseguiram levar nenhum dos seus acts pra final, deixando o espaço para Gary Barlow, mentor de Cristopher Maloney (grupo over 28’s) e Nicole Scherzinger, que levou 2 de seus 3 acts pra final (James Arthur e Jahmene Douglas). Interessante ver Nicole sambando na cara da sociedade, já que na primeira temporada do X Factor US ela foi hostilizada como jurada (mas se deu muito bem como mentora, já que um dos seus acts foi segundo colocado).

A primeira performance juntou todos os competidores, para em fim nos apresentar os finalistas. O primeiro foi Jahmene Douglas que cantou “Move On Up”. Jahmene entrou na competição cantando “At Last” da Etta James, e no início era muito prejudicado pelo seu nervosismo antes de entrar no palco. Mas seu talento era indiscutível e ao longo do programa Jahmene foi amadurecendo aos olhos do público e ficando cada etapa mais confortável com a situação.

 

Também afetado nas auditions pelo nervosismo, Cristopher Maloney se apresentou cantando a música tema de Flashdance, “What A Feeling”. Esse foi o estereótipo de Chris durante todo o programa, cantar sucessos antigos que são sim muito bons, porém muito datados para o programa e o tipo de público que se quer atingir. Porque Gary o manteve desse jeito, não se sabe, mas fato é que mesmo brega e recebendo muitas críticas dos jurados, Cristopher conseguiu ser o mais votado dos live shows durante as 8 primeiras semanas.


O último a se apresentar foi James Arthur. James, assim como Jahmene, foi um dos únicos acts consistentes durante toda a temporada, interpretando as músicas a cada semana com um estilo único e deixando sua marca, fazendo como se a música tivesse sido escrita por ele. Na final ele cantou “Feeling Good”, que tinha tudo a ver com sua história no programa, mas também vale a pena ver essa performance de “Sexy And I Know It” durante os lives.


Teve também performance dos mentores com seus acts. Nicole cantou “Greatest Love Of All” com Jahemene (com direito a trapalhada com os microfones) e a belíssima “Make You Feel My Love” com James. Gary preferiu pegar um dos seus sucessos com o Take That e cantar “Rule The World” com Cristopher. Além deles, Também se apresentaram Kelly Clarkson, Rita Ora, e a figurinha carimbada do SUPERNOVAPOP, Kylie Minogue, divando na versão acústica de “Can’t Get You Out Of My Head”.

 

Spoilers:
Nesse primeiro programa da final, descobrimos que Cristopher Maloney ficou em terceiro lugar (ufa!), sendo então James e Jahemene os 2 possíveis vencedores do programa. Finalistas que eu, particularmente, tinha como favoritos desde o início.

nicoleslayzinger– Tadinho do Jahmene rs

Anúncios

Estréia: Robbie Williams e seu “Candy”

Depois de muito drama na vida pessoal e na carreira, Robbie Williams está renovado e agora é só alegria: muito bem casado e com um bebê a caminho, a volta (mesmo que temporária) dele ao Take That foi bem recebida por crítica e público e o mais importante, ele deixou as suas diferenças com Gary Barlow de lado e eles agora são best friends novamente, a ponto do cd novo ter quase que total produção do Gary. O novo single “Candy” é uma das músicas produzidas pelos 2 e reflete essa boa fase do Robbie: a música é alegre e bem humorada.

No clipe RW é um anjo (do pau oco), que faz absolutamente de tudo pra  proteger sua musa por onde ela passa, com métodos diríamos, um pouco ortodoxos e ela nem percebe que ele está ali. Destaque para a cena de Robbie todo trabalhado no anjo guerreiro e usando um nike (oi merchan). O final me lembrou um pouco “Come Into My Wolrd” da Kylie.

Sim, a musa do robbie no clipe é a pequena Effie de Skins, interpretada por Kaya Scodelario.

E como já comentamos aqui no SupernovaPop, o cd novo do Robbie sai dia 15 de novembro.

Novidades do Sr. Robbie Williams

Esse ano tá movimentado hein. Agora quem anuncia disco novo é o bad boy mais querido do Reino Unido, Robbie Williams, que depois de uma passagem pela reabilitação, medo de palco, e turnê mega bem sucedida marcando seu retorno ao Take That, está focando novamente na sua carreira solo, mas disposto a entregar a coroa com o novo cd Take The Crowd. O sucessor de “Reality Killed The Video Star” está previsto pra lançamento dia 15 de novembro e o primeiro single já foi escolhido: “Candy” (composto por ele e o colega de grupo Gary Barlow). A  faixa será lançada amanhã e o clipe na semana que vem. Como a moda agora é lançar cd versão standart e versão deluxe, Robbie também resolveu entrar nessa. Confira a tracklist:

Standart:

1. Be a Boy
2. Gospel
3. Candy
4. Different
5. Sh*t on the Radio
6. All That I Want
7. Hunting for You
8. Into the Silence
9. Hey Wow Yeah Yeah
10. Not Like the Others
11. Losers (feat. Lissie)

Deluxe:
12. Reverse
13. Eight Letters (Solo Version)
1. Making The Album – It’s Not Like The Others (Behind The Scenes)
 Video
2. The Candyman Day 1 (Behind The Scenes) Video
3. The Candyman Day 2 (Behind The Scenes) Video

Não curti muito esse fundo azul na capa, mas Robbie Williams sempre faz música boa. Agora com a ajuda do Gary então, vem cd foda por aí.