Os Vencedores do Globo de Ouro 2016

giphy

Pois é colegas, não rolou prêmio pra um ator brasileiro mais uma vez, e olha que eu tinha certeza que ía pro Wagner quando vi que 2 atrizes latinas (America Ferrera e Eva Longoria) iam apresentar a categoria de melhor ator série de tv – drama (tenho uma teoria de que artistas latinos sempre premiam artistas latinos nessas premiações). Mas a premiação foi legal mesmo assim, com apresentação do sensacional Ricky Gervais. Adoro Amy Poehler e Tina Fey, mas sentia falta da ousadia do Ricky.

Os indicados e vencedores foram:

TV

MELHOR SÉRIE DE TV – DRAMA

Empire
Game of Thrones
Mr. Robot
Narcos
Outlander

MELHOR SÉRIE DE TV – COMÉDIA/MUSICAL

Orange is The New Black
Silicon Valley
Transparent
Casual
Mozart in the Jungle 
Veep

MELHOR MINISSÉRIE/TELEFILME

American Crime
American Horror Story
Flesh & Bone
Wolf Hall
Fargo

MELHOR ATOR – DRAMA

Liev Schreiber (Ray Donovan)
Jon Hamm (Mad Men)
Rami Malek (Mr. Robot)
Wagner Moura (Narcos)
Bob Odenkirk (Better Call Saul)

tumblr_nzru8ucRV51v1ry5jo1_500

MELHOR ATRIZ – DRAMA

Robin Wright (House of Cards)
Viola Davis (How To Get Away With Murder)
Caitriona Balfe (Outlander)
Eva Green (Penny Dreadful)
Taraji P. Henson (Empire)

MELHOR ATOR – COMÉDIA/MUSICAL

Jeffrey Tambor (Transparent)
Aziz Ansari (Master Of None)
Gael García Bernal (Mozart In The Jungle)
Rob Lowe (The Grinder)
Patrick Stewart (Blunt Talk)

MELHOR ATRIZ – COMÉDIA/MUSICAL

Gina Rodriguez (Jane The Virgin)
Julia Louis-Dreyfus (Veep)
Rachel Bloom (Crazy Ex-Girlfriend)
Jamie Lee Curtis (Scream Queens)
Lily Tomlin (Grace and Frankie)

MELHOR ATOR – MINISSÉRIE/TELEFILME

Oscar Isaac (Show Me a Hero)
Patrick Wilson (Fargo)
Idris Elba (Luther)
David Oyelowo (Nightingale)
Mark Rylance (Wolf Hall)

MELHOR ATRIZ – MINISSÉRIE/TELEFILME

Queen Latifah (Bessie)
Lady Gaga (American Horror Story: Hotel)
Sarah Hay (Flesh & Bone)
Felicity Huffman (American Crime)
Kirsten Dunst (Fargo)

giphy (2)

MELHOR ATOR COADJUVANTE – SÉRIE DE TV/MINISSÉRIE/TELEFILME

Alan Cumming (The Good Wife)
Damian Lewis (Wolf Hall)
Ben Mendelsohn (Bloodline)
Tobias Menzies (Outlander)
Christian Slater (Mr. Robot)

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE – SÉRIE DE TV/MINISSÉRIE/TELEFILME

Joanne Froggatt (Downton Abbey)
Uzo Aduba (Orange is The New Black)
Regina King (American Crime)
Judith Light (Transparent)
Maura Tierney (The Affair)

 

CINEMA

MELHOR FILME – DRAMA

O Regresso
Spotlight – Segredos Revelados
Carol
O Quarto de Jack
Mad Max: Estrada da Fúria
MELHOR FILME – COMÉDIA/MUSICAL

Joy: O Nome do Sucesso
Perdido em Marte
Descompensada
A Grande Aposta
A Espiã que Sabia de Menos

MELHOR DIRETOR

Alejandro González Iñarritu (O Regresso)
Ridley Scott (Perdido em Marte)
Todd Haynes (Carol)
George Miller (Mad Max)
Tom McCarthy (Spotlight – Segredos Revelados)

MELHOR ATOR – DRAMA

Bryan Cranston (Trumbo: Lista Negra)
Leonardo DiCaprio (O Regresso)
Michael Fassbender (Steve Jobs)
Eddie Redmayne (A Garota Dinamarquesa)
Will Smith (Concussion)

giphy (3).gif

MELHOR ATRIZ – DRAMA

Cate Blanchett (Carol)
Rooney Mara (Carol)
Brie Larson (O Quarto de Jack)
Saoirse Ronan (Brooklyn)
Alicia Vikander (A Garota Dinamarquesa)

MELHOR ATOR – COMÉDIA/MUSICAL

Christian Bale (A Grande Aposta)
Steve Carell (A Grande Aposta)
Matt Damon (Perdido em Marte)
Al Pacino (Não Olhe Para Trás)
Mark Ruffalo (Sentimentos que Curam)

MELHOR ATRIZ – COMÉDIA/MUSICAL

Jennifer Lawrence (Joy: O Nome do Sucesso)
Amy Schumer (Descompensada)
Melissa McCarthy (A Espiã que Sabia de Menos)
Maggie Smith (A Senhora da Van)
Lily Tomlin (Grandma)

MELHOR ATOR COADJUVANTE

Idris Elba (Beasts of No Nation)
Mark Rylance (Ponte dos Espiões)
Michael Shannon (99 Homes)
Sylvester Stallone (Creed)
Paul Dano (Love & Mercy)

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

Jennifer Jason Leigh (Os Oito Odiados)
Jane Fonda (Youth)
Alicia Vikander (Ex_Machina)
Helen Mirren (Trumbo: Lista Negra)
Kate Winslet (Steve Jobs)

MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO

Anomalisa
O Bom Dinossauro
Divertida Mente
Peanuts
Shaun, o Carneiro

MELHOR FILME ESTRANGEIRO

Son of Saul
O Clube
Cinco Graças
O Novíssimo Testamento
O Esgrimista

MELHOR ROTEIRO

Os Oito Odiados
Spotlight – Segredos Revelados
A Grande Aposta
O Quarto de Jack
Steve Jobs

MELHOR TRILHA SONORA

Carol
A Garota Dinamarquesa
Os Oito Odiados
Steve Jobs
O Regresso

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL

Writing’s On The Wall (007 Contra Spectre)
Simple Song #3
(Youth)
See You Again
(Velozes & Furiosos 7)
One Kind of Love (
Love and Mercy)
Love Me Like You Do
(Cinquenta Tons de Cinza)

E aí, gostaram dos vencedores? Gosto de acreditar que o Wagner Moura será indicado mais vezes, tem chances no Emmy também e o jogo vai virar! Ano que vem tem mais Golden Globes e espero que tenha também mais Ricky Gervais pra fazer a gente ficar com vergonha alheia dos atores de novo.

giphy (1)

 

por

Lady Gaga faz versão jazz de ‘Yoü and I’!

Lady Gaga, liberou via Twitter, a versão jazz do segundo single do álbum ‘Born This Way’, ‘Yoü and I‘. Gaga disse que música surgiu após muito whisky com o trompetista nova iorquino, Brian Newman, que colabora nessa versão jazz. Recentemente, Gaga e Tony Bennett comentaram que pretendem lançar um álbum de jazz juntos. Huuuum! Esperamos para ver e ouvir!

Escuta aí, ‘Yoü and I‘ Jazz version!

Cobertura SNPOP – The Born This Way Ball – Parte II

Então, surge Lady Gaga, com um lindo cavalo preto (sim, um cavalo), totalmente camuflada com seu visual “cavaleira”. Todos animados com a sua chegada, mas poucos acompanhando as músicas que não são singles. Normal.

Até que o estádio explodiu de alegria, quando a mãe monstra nasceu novamente no palco, e todos notaram que era o grande hit Born This Way. Todo mundo pulou, dançou e cantou, onde Gaga referenciou a um importãncia que cada um tem, por ter nascido do seu jeito. Em seguida, Bad Romance levantou o estádio novamente, que já estava animada.

Gaga teve o momento conversa com os fãs, ela agradeceu muito, contou o quanto ela estava feliz por estar no Brasil e o quanto ela não tinha ideia do amor e carinho que os fãs tinham por ela aqui. Falou algumas palavras em inglês, enquanto os fãs puxavam um ‘Gaga, eu te amo’, ela soltava um “Sao Paulo, eu te amo’. Foi uma troca verdadeira.

Gaga disse que o show, além de oferecer diversão, também contaria com paz, amor, moda e muita música.

O show foi uma mistura das músicas do Born This Way e os grandes sucessos que consagraram Gaga como Poker Face, Just Dance, LoveGame, Alejandro, Marry The Night, Paparazzi e outros. Além das músicas que não estavam no set list, como The Queen, faixa bônus da edição de luxo do Born This Way e Princess Dies, música do próximo trabalho de Gaga, ARTPOP.

Gaga soube cortejar seus little monsters, pois além de fazer a farra com um alguns no palco, ela recebeu os presentes deixados por alguns (quase que Gaga fica machucada com um presente que foi jogado e acabou acertando o rosto dela), chamou quase 09 fãs, em duas partes do show, para cantar com ela. Soube agradecer a presença de cada e disse o quanto o Brasil e os fãs brasileiros estão lhe inspirando para criar novas músicas.

Ficou nítido que Gaga poderá voltar, e que também, mesmo que cada um faça, a comparação com qualquer artista existe, pois ela já chegou num mercado onde tudo já foi criado. Mas sua presença de palco, tocando guitarra e teclado, cantando ao vivo o tempo todo, troca de roupas nada casuais e o mais importante, o afeto e respeito que ela tem pelo público são únicos. Ela agradeceu o público por terem comprando o ingresso do show dela, sutil!

Saímos com a sensação de quem era little monster, saiu do show realizado e feliz. Sabemos o quanto é importante estar presente e perto do artista que gostamos, e Gaga soube como compensar muito bem nesse show marcante para quem estava presente!

Cobertura SNPOP – The Born This Way Ball Tour

O SUPERNOVAPOP esteve presente em um dos shows mais esperado do ano! O show da mãe monstra Lady Gaga, com a sua The Born This Way Ball Tour, em São Paulo. Foi uma variação imensa de sentimentos, mas, surpreendeu muita gente que ali estava.

Por íncrivel que pareça, o estádio do Morumbi não estava lotado, mas aproximadamente 50 mil pessoas estavam lá (capacidade total de quase 75 mil pessoas).

Os portõs abriram às 17h, com início previsto para às 19h os shows das apresentações convidadas. Tudo ocorreu no tempo certo. O estádio foi enchendo lentamente. Enquanto isso, os little monters foram agraciados com os merchans do perfume Fame by lady Gaga e, como estavamos no baile, escutavamos diversas sinfonias, esperando o show.

Primeiro, a perfomista e dj (?) Lady Starlight, que por 25 minutos que esteve no palco, misturou teatro, com música e arte. Foi algo muito diferente do que estamos acostumados. Mas animou quem estava na pista premium.

Depois, a banda inglessa The Darkness subiu ao palco e a chuva também. O que não desanimou a galera. The Darkness é uma banda de hard rock, conhecida pelo sucesso contagiante ‘I Believe In A Thing Called Love’, que mesmo debaixo de chuva, todo mundo curtiu o show e principalmente as ousadias (piruetas e palavrões) do vocalista, Justin Hawkins.

Sem muita demora, o show começou meia hora depois da saída do The Darkness. E todo mundo ansioso pelo que iria acontecer adiante. (continua…)

por

SNP Gossip & News!

Vamos começar nossa sessão Gossip & News, contando as novidades, fofocas e rumores do mundo do entretenimento.

Estaria dona Beyoncé, grávida pela segunda vez?

Não! Beyoncé não está grávida pela segunda vez! Quem nega a notícia é a mãe da cantora, Tina Knowles. Tina negou os boatos, disse que sim, quer ter mais netos. Por que além de Beyoncé, Tina tem um neto de sua filha mais nova, Solange Knowles. Tina revelou que por ventura do bom relacionamento, amor e aventura de mãe de primeira viagem, com a filha caçula Blue Ivy, Tina diz que Beyoncé está com mais vontade de ter filhos do que nunca! Tina confessa que tudo irá acontecer quando for a hora certa!

Lady Gaga, a mídia e a balança. 

Bem, provavelmente vocês devem ter vistos fotos ou sátiras da mãe moster um pouco acima do peso. O que está acontecendo, além da mídia pegar pesado na imagem da cantora, Gaga está revoltada com a atenção dada aos quilinhos a mais. Engraçado que Gaga, postou em sua rede social, uma foto, só de biquini. Gaga deixou um recado ~motivacional~para os little monsters:

“You are showing them you have no shame. You are brave, strong, and accepting not only of yourself, but of others through your experiences.”

Olha, apenas uma leve protuberância na barriga dela. Nada demais.

LMFAO não acabou. Oi?

Segundo SkyBlu e RedFoo, a dupla não acabou! Mesmo chocando o mundo (ou não), com o anúncio de que LMFAO tinha acabado, os dois, contaram à MTV Britânica que eles são como uma família, com seus reviravoltas, mas que sempre haverá amor. Logo, eles não acabaram! Quem comemora? \o/

VMA – 5 Momentos Memoráveis: Pop

Hoje é dia de revermos alguns dos momentos mais marcantes da VMA, categoria Pop

5- Lady Gaga (2009): A primeira performance da Lady Gaga em um VMA era muito aguardada por fãs e não fãs, todos querendo saber o que a moça ía aprontar. Durante toda a música não tiramos os olhos da tv pra não perder nada da performance teatral de “Paparazzi”. Gaga cantou, tocou piano e se matou no palco. Foi tão bom quanto tão WTF?! e confesso que ainda não entendi a mensagem que ela quis passar.

 

4- Christina Aguilera (2006): Normalmente as performances do VMA são de músicas uptempo com bastante produção e os artistas raramente optam por tocar baladas na premiação, mas em 2006, Christina Aguilera preferiu cantar “Hurt”, música que estava sendo trabalhada como 2º single do álbum Back To Basics. Com uma performance extremamente simples, onde o foco era mesmo a canção, Christina pode mais uma vez mostrar porque é considerada a voz da sua geração. Ela sempre acerta quando lembra que menos é mais.

 

3- Britney Spears (2000): Na minha humilde opinião, uma das melhores performances da história do VMA que eu pude ver ao vivo com os meus olhos e a melhor performance da carreira da Britney. Ainda lembro o escândalo desnecessário que foi o fato de ela estar com uma roupa transparente, que na verdade não mostrava nada de mais. Fico feliz em ter presenciado essa fase da Britney em que ela dava tudo de si no palco. Eu sabia que ela nunca ia fazer aquilo de novo, e realmente nunca mais fez.

 

2- Britney Spears, Christina Aguilera, Madonna e Missy Elliot (2003): Tente juntar em um palco as 4 maiores estrelas do pop americano (da época). O vma 2003 começou divônico, com a presença de Britney Spears, Christina Aguilera, Missy Elliot e Madonna. A intenção era recriar o clima casamento de “Like A Virgin ‘84”. Primeiro entra a pequena Lourdes Maria como daminha, jogando rosas brancas no palco; depois Britoca (com o microfone ligado) começa cantando os primeiros versos da canção; no refrão somos surpreendidos pelo vozeirão de Aguilera. Depois sai do bolo a mentora Madonna, agora de noivo, cantando Hollywood, mas ninguém estava preparado para o que viria a seguir: a tia beija na boca suas pupilas. Após o momento bafo, entra Missy Eliot pra after party. Mas o melhor disso tudo foi as caras e bocas dos famosos na plateia.

Nota Nelson Rubens: Há boatos de que durante o coro na música, o microfone da Xtina foi cortado, pra que a voz dela não se sobressaísse perante a voz da Britney e da Madge. Não duvido.

 

1-Madonna (1984): Madonna, sempre ela! Se existe um motivo pelo qual as performances do VMA são bombásticas e todo mundo que se apresenta na premiação quer causar, esse motivo é Madonna. Em 1984, no primeiro VMA da história, ela cantou “Like A Virgin” vestida de noiva, saindo de um bolo e sensualizando no chão. Prendeu a atenção, chocou, foi a performance da noite e marcou história, tudo de uma vez só. E até hoje esse look é referência quando se fala da rainha e de VMA. Por isso merece o primeiro lugar.

Aniversariante do dia: Cher

Vamos celebrar a vida! Cherilyn Sarkisian nasceu há 66 anos em El Centro, California, se mudou para Los Angeles com 16 anos trabalhando como vocal de apoio nas gravações do produtor Phil Spector. Conheceu o futuro marido Sonny Bonno em 1962, logo começaram a trabalhar juntos e em 1964 assinaram com a  gravadora Imperial Records formando a dulpa Sonny & Cher. Juntos se tornaram um fenômeno viajando e se apresentando ao redor do  mundo, com hits como I Got You Babe e The Beat Goes On.

Durante os anos 70 Sonny & Cher estrelaram seu próprio programa de tv, The Sonny & Cher Comedy Hour que continha esquetes, convidados e atrações musicais. Na terceira temporada o casal anunciou a separação, o que culminou com o cancelamento do programa. Em seguida estreou o The Cher Show, que durou 2 temporadas.

Nos anos 80 a carreira de Cher teve um rumo mais cinematográfico, com filmes como As Bruxas de Eastwick, Feitiço da Lua (por qual ela ganhou o Oscar de Melhor Atriz) e Minha Mãe É Uma Sereia. Em 1989 ela lançou o clipe de If I Could Turn Back Time, single do álbum Heart of Stone, e causou bastante polêmica pois usava um maiô que deixava amostra uma tatuagem de borboleta nas nádegas (figurino do qual ela provou que ainda veste bem no VMA de 2009). Muitas redes de tv se recusaram a exibir o vídeo e a MTV só o exibia após as 9 da noite.

Na década de 90 Cher continuou seu sucesso no cinema e na música, mas ninguém estava preparado para o sucesso bombante de Believe, vigésimo terceiro album de estúdio da cantora que confirmou sua posição na música como “Deusa do Pop” (já com 52 anos), sendo sucesso nas rádios e nas pistas.

A década de 2000 foi marcada pela Living Proof: The Farewell Tour, que seria a última turnê da Cher, porém em 2009 ela voltou a ativa se apresentando em uma série de shows em Las Vegas. Recentemente Cher fez seu retorno aos cinemas no filme Burlesque, ao lado de Christina Aguilera e está em estúdio preparando um novo cd.

Antes dos vestidos de carne da Lady Gaga, Cher já ousava com figurinos na premiação do Oscar; teve vários relacionamentos polêmicos, inclusive com Val Kilmer, Tom Cruise e Gene Simmons do Kiss; é uma lenda viva do cinema e da música e creio que seja o grade ícone gay da música. Assim como Madonna, não há nada que Cher ainda não tenha feito e mesmo sendo bem mais velha que as concorrentes, ela continua provando que talento não envelhece.

Santa Cher que brilha,

glamurizado seja o vosso figurino,

venha a nós o vosso luxo

e seja feito o teu arraso

tanto na pista como no palquinho.

A vodka nossa de cada noite nos dai hoje

e perdoai nossos deslizes,

porém não perdoaremos as cafonices alheias

e não nos deixei cair dos nossos Pradas,

mas livrai-nos dos mocassins.

Arraza!

por

Lady Gaga was Born This Day!

A mother monster, Lady Gaga, completa 26 anos hoje!  A mesma, disse que está sentindo que está completando 15 anos (sabemos como é) e  irá comemorar debutando!

Essa foi a foto que Gaga postou no Twitter. De seu pedaço de bolo comido. Parece estar saboroso, hein!

Stefanie Germanota, ou Lady Gaga para o mundo, nasceu e cresceu em New York, desde o começou, chamou a atenção de todos pelo seu jeito irreverante e incomum, hoje, é recordista de venda do seus álbuns e singles na internet, e mais de 15 milhões de vendas (só do The Fame!) em todo mundo, ganhadora de Grammy e VMA’s, e este ano, promete abalar a estrutura musical com a sua Born This Way Ball Tour!

Desejamos um ótimo dia e aniversário para Gaga e seus monstrinhos!

Vamos lembrar a Gaga humilde com Just Dance!

o Boom mundial, Bad Romance!

e por fim, uma das melhores, do álbum de mesmo nome, Born This Way!

Trailers

That’s My Boy

Todo ano Adam Sandler lança pelo menos 1 filme. Uns gostam, outros já estão de saco cheio, e eu sou do time que gosta. Em That’s My Boy (que ainda não ganhou tradução ridícula em português, mas isso é uma questão de tempo) ele interpreta um pai endividado e irresponsável que reaparece um dia antes do casamento do filho para arrancar uma graninha dele, com a desculpa de que quer passar mais tempo com o garoto. O filho é interpretado pelo ator Andy Sandberg (que eu sempre achei ser parecido com o Adam) e a noiva é interpretada por Leighton Meester, nossa querida Blair Warldolf. O filme ainda conta com participações de Susan Sarandon, Ciara, Milo Ventimiglia e o mito Vamilla Ice e está previsto para ser lançado em junho.

 

MIB: Homens de Preto III

Os agentes de preto responsáveis por casos extra terrestres do governo americano estão de volta. 2012. Nesse novo filme o Agente J (Will Smith) volta aos anos 60 para impedir que um alien mate o seu parceiro K (Tommy Lee Jones e Josh Brolin), mudando toda a história. Boatos de que Lady Gaga fará uma participação. O filme estréia no Brasil em 25 de maio e os atores Will Smith e Josh Brolin até já passaram por aqui pra divulgar. Eu particularmente adoro a franquia, mas espero que esse filme seja melhor que o segundo.

 

A Era Do Gelo 4

Em julho deste ano continuaremos acompanhando as aventuras de Many, Diego e Sid, dessa vez, enfrentando os efeitos da pangéia. Usando um iceberg como embarcação, eles encontram criaturas marinhas e piratas, enquanto exploram o novo mundo. A novidade nessa versão da saga é Jennifer Lopez, que dá voz a tigre de sabre Shira.