Clipes novos: “Boomerang” e “Two Black Cadillacs”

Nicole-Scherzinger-Boomerang-single-cover1

Nicole Scherzinger parece até brasileira, porque não desiste nunca. Ela já liberou o novo single “Boomerang”, faixa de seu novo album (ainda sem nome), sucessor de Killer Love, que ainda não tem previsão de lançamento.

O clipe é de baixo orçamento, e nesses casos o esforço fica todo na edição, mas “Boomerang é meio bagunçado e as “várias Nicoles” cansam a vista. O cenário também não ajuda. O impressão que dá é que Nicole queria lançar uma música a qualquer custo, e fez um clipe meia boca.

 

Carrie-Underwood-Two-Black-Cadillacs-Lyrics-Feature

Se tem uma coisa que a música Country faz é contar histórias. Carrie Underwood já contou como acabou com o carro do namorado em “Before He Cheats”, como deixou o seu pai/padrasto ser levado pela tempestado em “Blown Away” e agora conta a história de 2 mulheres, a esposa e a amante, em “Two Black Cadillacs”:

No clipe Carrie está toda trabalha na atitude de viúva negra e eu confesso que adoro esse lado vingativo da cantora. Se você trair a Carrie, na melhor das hipóteses ela destrói seu carro; na pior, ela te atropela com um Cadillac.

por

Preview de Boomerang, novo single de Nicole Scherzinger

Olha isso, Brasil! 2013 começando com tudo! E a espera está acabando (só que não)! A ‘mais querida e odiada’ jurada do X-Factor UK, Nicole Scherzinger, liberou uma prévia do seu novo single, Boomerang. Em 2012, ela tinha liberado a foto do single (acima), que ficou recheado de efeitos do photoshop/paint e afins.

Boomerang, será lançada oficialmente na próxima semana, e o novo álbum está com lançamento previsto para o final do mês de janeiro de 2013.

Confesso que Nicole não me surpreendeu com este single. Mais do mesmo, RedOne. Conheço cada música do Killer Love, seu último álbum lançado, e Boomerang se encaixaria no set list. Quem sabe ouvindo a faixa completa (difícil), minha opinião mude.

Vejam o pequeno trecho de Boomerang, novo single de Nicole Scherzinger.

The X Factor UK – Final 2

realitytv-the-x-factor-0912-17

No domingo foi apresentado a segunda parte da final do X Factor, que coroaria Jahmene Douglas ou James Arthur como grandes vencedores, consagrando Nicole Scherzinger como a melhor mentora da edição, sendo a única com acts na final. Novamente o programa começou com uma performance de todos os ex participantes da temporada cantando clássicos do natal, para no fim nos apresentar os 2 finalistas.


Primeiro os finalistas tiveram que repetir uma performance dos lives que eles consideravam como a melhor durante a temporada. Jahmene repetiu sua interpretação de “Angels”, enquanto James cantou e encantou novamente com “Let’s Get It On”.

Depois eles cantaram seus respectivos winner’s singles. Se James ganhasse, seu primeiro single seria o cover de “Impossible” e para Jahmene seria “Let It Be” dos Beatles.

A presença dos artistas ficou marcada pelas performances de One Direction, Emeli Sande e Rihanna.

tumblr_meqod52Y9O1rn2nvyo1_500

Spoilers:
O grande vencedor da 9ª edição do X Factor UK foi James Arthur. Muito merecido e espero que continue relevante no mundo da música por muito tempo. Jahmene também provou que merece seu lugar ao sol e torço para que o tenha. Vale destacar que outros participantes não saíram perdendo: Ella Henderson assim que foi eliminada da 8ª semana já saiu do programa com várias propostas de gravadoras e o grupo Union J assinou contrato para serem gerenciados pelo seu mentor Louis Walsh.

X Factor UK agora só ano que vem. Já pode chorar muito que nem o Rylan?

tumblr_mcs36prDTI1rifgxyo1_250

The X Factor UK – Final 1

X+Factor+2012+promo+picture

Neste fim de semana aconteceu em Manchester, UK a final da 9ª temporada do X Factor (o original). Para comemorar, a produção saiu dos estúdios do canal ITV1 em Londres e foi para a arena de Manchester, com capacidade para 10.000 pessoas.

O programa começou com a ótima introdução do apresentador Dermot O’Leary, Pra quem não conhece, Dermot é uma espécie de Ryan Secreast da Inglaterra, tem programa de rádio, apresenta red carpets e sem duvida tem o fator X na seção de apresentadores de TV. Com muito carisma e humor, que ele demonstra neste vídeo de abertura, featuring o chefe Simon Cowel, os jurados e alguns participantes que ficaram pra história do X Factor, como por exemplo a cover de Britney Spears que ficou conhecida por fazer um lap dancing no jurado Louis Walsh durante as auditions.

 

Em seguida os jurados foram apresentados, lembrando que Tulisa e Louis não conseguiram levar nenhum dos seus acts pra final, deixando o espaço para Gary Barlow, mentor de Cristopher Maloney (grupo over 28’s) e Nicole Scherzinger, que levou 2 de seus 3 acts pra final (James Arthur e Jahmene Douglas). Interessante ver Nicole sambando na cara da sociedade, já que na primeira temporada do X Factor US ela foi hostilizada como jurada (mas se deu muito bem como mentora, já que um dos seus acts foi segundo colocado).

A primeira performance juntou todos os competidores, para em fim nos apresentar os finalistas. O primeiro foi Jahmene Douglas que cantou “Move On Up”. Jahmene entrou na competição cantando “At Last” da Etta James, e no início era muito prejudicado pelo seu nervosismo antes de entrar no palco. Mas seu talento era indiscutível e ao longo do programa Jahmene foi amadurecendo aos olhos do público e ficando cada etapa mais confortável com a situação.

 

Também afetado nas auditions pelo nervosismo, Cristopher Maloney se apresentou cantando a música tema de Flashdance, “What A Feeling”. Esse foi o estereótipo de Chris durante todo o programa, cantar sucessos antigos que são sim muito bons, porém muito datados para o programa e o tipo de público que se quer atingir. Porque Gary o manteve desse jeito, não se sabe, mas fato é que mesmo brega e recebendo muitas críticas dos jurados, Cristopher conseguiu ser o mais votado dos live shows durante as 8 primeiras semanas.


O último a se apresentar foi James Arthur. James, assim como Jahmene, foi um dos únicos acts consistentes durante toda a temporada, interpretando as músicas a cada semana com um estilo único e deixando sua marca, fazendo como se a música tivesse sido escrita por ele. Na final ele cantou “Feeling Good”, que tinha tudo a ver com sua história no programa, mas também vale a pena ver essa performance de “Sexy And I Know It” durante os lives.


Teve também performance dos mentores com seus acts. Nicole cantou “Greatest Love Of All” com Jahemene (com direito a trapalhada com os microfones) e a belíssima “Make You Feel My Love” com James. Gary preferiu pegar um dos seus sucessos com o Take That e cantar “Rule The World” com Cristopher. Além deles, Também se apresentaram Kelly Clarkson, Rita Ora, e a figurinha carimbada do SUPERNOVAPOP, Kylie Minogue, divando na versão acústica de “Can’t Get You Out Of My Head”.

 

Spoilers:
Nesse primeiro programa da final, descobrimos que Cristopher Maloney ficou em terceiro lugar (ufa!), sendo então James e Jahemene os 2 possíveis vencedores do programa. Finalistas que eu, particularmente, tinha como favoritos desde o início.

nicoleslayzinger– Tadinho do Jahmene rs